ROUPA BOA É ROUPA REPETIDA

Esses dias recebi um comentário aqui no blog que me fez pensar bastante! Incrível como ainda tem gente que acredita que repetir roupas é feio, surreal, né? Mas acreditem, existe! Há um tempinho atrás a Ju Sanches do Amo Usar escreveu em um post “repetir looks, sapatos e acessórios é chic e inteligente” e sabe que é verdade! Acho que não existe nada mais fantástico, quando o assunto é vida real, do que conseguir usar uma mesma peça de diferentes maneiras, conseguir com uma única peça resultados bacanas, mas em diferentes estilos. Isso bota a prova todo o nosso conhecimento fashion e também toda a nossa versatilidade. Afinal, aqui no blog os looks ficam registrados, mas e na vida real, quantas vezes você já usou o mesmo jeans, a mesma camisa e quantos looks você já conseguiu montar abusando e investindo naquele modelo que você já está adaptada? Isso mostra o quanto você é inteligente e esperta na hora de se arrumar. Por tudo isso e para provar que repetir roupas não é feio e que dá pra brincar com diferentes estilos em uma mesma peça, montamos um post mostrando porque repetir é tão legal. É a arte repetir roupas, sem repetir o look! Confiram:

Na imagem de cima um vestido usado de três maneiras bem diferentes! São propostas para ocasiões distintas, mas que apostam em uma peça única, o que dificulta a brincadeira, mas prova que é possível conseguir resultados diferentes com qualquer tipo de peça. Nesse caso a roupa chave é um vestido em renda guipir, uma peça relativamente cara, mas que com o uso acabou se pagando. Confiram outros exemplos:

Quando a gente tem um blog que alimenta quase que diariamente com looks, a forma como repetimos a roupa muda um pouco. Antes eu tinha certas composições “montadas” que de tempo em tempo eu repetia na mesma sequência: tal blusa que casava com a calça, que ia com o sapato e que fechava com o casaco. Hoje, graças ao blog, precisei rever e exercitar o lado “fashion” do meu armário, buscando criar a maior quantidade de looks com a menor quantidade de peças, logo com a menor quantidade de gastos também. Isso pode e DEVE ser aplicado na vida real. Um primeiro passo é investir em peças que “se paguem”, aquelas que você vai usar muiiito e que vai repetir infinitas vezes. Antes do blog eu adorava comprar peças baratas que se terminavam na terceira ou quarta lavada, do tipo descartável, sabe? Hoje busco investir em qualidade e não em quantidade, afinal, cheguei a conclusão que mais vale uma peça atemporal do que meia duzia por estação. Repetir peças sem repetir looks é um exercício que te fará mais inteligente, vai te fazer conhecer melhor o próprio corpo gastando menos e aprendendo que peças mais “caras” (leia-se de maior qualidade) podem valer muito mais a pena. No final você só ganha e vai sair mais satisfeita do que imagina. Tente!!
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

VITÓRIA PORTES

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volutpat. Ut wisi enim ad minim veniam, quis nostrud exerci tation ullamcorper suscipit lobortis nisl ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis autem vel eum iriure dolor in hendrerit in vulputate velit esse molestie consequat, vel illum dolore eu feugiat nulla facilisis at vero eros et accumsan et iusto odio dignissim qui blandit praesent luptatum zzril delenit augue duis dolore te feugait nulla facilisi. Lorem ipsum dolor sit amet, cons ectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volutpat. Ut wisi enim ad minim veniam.