07 de outubro de 2016

Oii meninas, quem me acompanha nas redes sociais deve ter percebido que estou em BH para cobertura do Minas Trend. Foram dois dias de desfiles totalizando oito apresentações e uma séria de novas informações que aos poucos vou digerindo e traduzindo por aqui. No primeiro dia Victor Dzenk fechou o line up de desfiles e eu posso falar em “caps lock” que simplesmente AMEI tudo que o estilista apresentou. Foi meu preferido sem sombra de dúvidas! Achei que a coleção saiu muito da zona de conforto da marca e fez bonito ao apresentar peças conceituais, mas ao mesmo tempo extremamente comerciais. Abaixo alguns dos meus looks preferidos!!

IMG_2881 IMG_2826 IMG_2840 IMG_2842 IMG_2846 IMG_2868 IMG_2865 IMG_2862 IMG_2881

A paleta de cores foi um show a parte, formada predominantemente pelos tons pasteis destacando os tons de rose, azul e champanhe com pitadas de preto. Já os tecidos preferidos parecem ter sido os cetins pesados, jacquard, couro, pele fake, matelassê, tecidos dublados e tecidos de alfaiataria unidos a tecidos fluidos. Maravilhoso. O que mais me chamou atenção foram os bordados que parecem continuar mais em alta do que nunca. Muito bordado pesado, muitas camisas desconstruídas e muita fusão de tecidos em uma mesma peça. Pra quem está gostando da tendência das Maxi parcas e das bombers o estilista está trazendo um prato cheio. Para a camisaria a aposta é deslocar cavas, alongá-las, colocar pregas, e deixar punhos largos sendo uma das suas principais apostas do Inverno 17. Ta de babar. Sabe aquela coleção que a gente vê e de cara se identifica e já quer sair usando tudo? Exatamente isso! Parabéns, achei brilhante.

Tags: desfiles, inverno 2017, Minas Trend,
amei este post
10 pessoas amaram
11 de abril de 2016

Começando a dar start nos posts de tendências e desfiles do Minas Trend que acompanhei pessoalmente na semana passada. Foi tudo tão corrido, tanta informação que não consegui parar para vir escrever os posts antes. Mas vamos começar? Para abrir essa série de posts resolvi falar do Lucas Magalhães que apresentou um desfile lindo com combinação de cores, texturas e nuances de tintas que foram as principais marcas de seu Verão 2017. Lucas Magalhães mergulhou no trabalho de Mary Heilmann para compor sua coleção.  “A Mary é uma artista contemporânea americana que adoro. Sou apaixonado por cor e ela também, estava com muita vontade de trazer essa paixão para alguma coleção. As obras da artista me despertaram para algumas combinações de cores cheias de personalidade, que poderiam se encaixar bem com o DNA da minha marca.” A cartela de cores, fundamental para a construção desta coleção, é composta por tons vibrantes, como o rosa, verde, laranja, azul e amarelo, arrematadas por preto e marrom. O tricot, clássico na história do estilista e que vem forte desde a última coleção, volta como base para as peças, porém, dessa vez, trabalhados com a renda e o couro. No que diz respeito ao shape, existe uma predominância de mídis, com curtos pontuais. E por falar em mídis, vocês vão ver com a sequência dos demais desfiles que, sem dúvida alguma, esse foi o comprimento que mais brilhou!

Lucas Magalhães Lucas Magalhaes Lucas Magalhães Lucas Magalhaes

Os sapatos, que seguem a mesma inspiração artística das roupas, foram desenvolvidos em parceria com a Nuu Shoes. Batizados de 44, que também é o numero de pares produzidos, que são numerados como ilustrações, os sapatos são divididos em 4 cartelas de cor e serão vendidos imediatamente após o desfile no site da marca www.nuushoes.com

Tags: Lucas Magalhães, Minas Trend, Tendências, Verão 2017,
amei este post
10 pessoas amaram
10 de outubro de 2015

O desfile da Vivaz abriu a edição de outono-inverno 2016 do Minas Trend com o tema “O Conto”, na passarela vestidos super românticos e femininos, dignos de princesa. Os tons claros, as peças super fluídas, as mangas princesas, os bordados e as modelagens amplas remetem a um conto de fadas dignos da vida real. O início do desfile encantou por uma sequência de looks no mesmo tom “chá”, vestidos longos, com mangas bufantes, silhueta lânguida, muita sobreposição de tecidos e muito georgette de seda esvoaçante, cortes que remetiam as camisolas medievais e que faziam referência às lingeries do início do século,  todos com cor “apagadinha”, mas incrivelmente marcantes!

sos patepes Vivaz

Os looks com saia longa e sobreposição de bata ou túnica, apesar de mais difíceis de serem levados para o dia a dia, são uma super fonte de inspiração. Uma sensualidade diferente que foge de todos os  justos que estamos acostumados a encontrar na moda festa. Muito veludo e a sequência de vestidos em tons café me fez pirar. Um mais incrível  que o outro! Para encerrar o conto da Vivaz o desfile da marca se finalizou com a entrada de um cavalo Mangalarga Marchador seguido das modelos. Um desfile lindo, super inspirador e que teve o toque especial da luz da manhã, já que o desfile aconteceu pela manhã em um ambiente com luz natural. Foi lindo!

Tags:
amei este post
7 pessoas amaram






Facebook
Instagram


Newsletter