27 de junho de 2014
Categorias: Beleza

Quem nunca se rendeu a chapinha que atire a primeira pedra!! Mesmo quem curte cabelos cacheados ou ondulados tem que concordar que não existe aparelho mais eficaz do que um boa chapinha, especialmente quando o assunto é mudar o visual. Costumo falar que quando o cabelo não está 100% todo o resto pode estar impecável, mas no conjunto da obra sempre vai parecer que tá faltando algo. Quase todos os dias recorro a chapinha para deixar a produção alinhada e eu sei que o uso continuo do aparelho pode danificar – e muito – o cabelo, mas ele pode ter consequências ainda piores quando for usado de forma indevida. Comecei a usar chapinha quando tinha 16 anos, hoje com 23 aprendi da pior forma que cuidar dos fios é algo extremamente importante! Os cabelos funcionam como uma moldura do rosto, por isso mexem tanto com nosso autoestima, sendo assim e sabendo que muita gente ainda recorre ao alisamento caseiro, conversei com minha cabeleireira e resolvi elencar alguns cuidados que valem a pena ser seguidos. Quem faz uso desse tipo de recurso e não sabe se segue os caminhos corretamente, vale a pena ler até o post até o final. Ficou longo eu sei, mas pode te ajudar bastante!

IMG_8035

Pré-tratamento: O ponto de partida é o seu banho, escolher um shampoo e um condicionador com poder de reparação é uma ótima solução para começar a cuidar dos seus fios. Depois de lavar os cabelos você deve retirar completamente a umidade e, de preferência, usar um creme sem enxágue termoativado, passando no sentindo da raiz às pontas. Mas o que é um termoativado? Os produtos termoativados servem para proteger o cabelo contra o calor do secador, no nosso caso, da chapinha e impedem a entrada de água prolongando o efeito “liso” dos fios. Depois de passar o produto termoativado tem que secar bem o cabelo e se possível fazer uma escova. Isso vai facilitar o uso da chapinha, já que a escova alisa a raiz do cabelo, a parte que costuma ser mais difícil de ser alisada, garantindo um melhor resultado! E algumas dicas que parecem “bobas” podem facilitar muito a nossa vida! Por exemplo, quanto menor a mecha mais chance terá de sair lisa! Nunca pare o alisamento na metade da mecha para não ressecar os fios. Se a sua chapinha não tem controle de temperatura, tire da tomada de vez em quando para não esquentar muito e danificar seu cabelo.

Tags: Beleza, Cabelo, Tratamento,
amei este post
25 pessoas amaram
25 de junho de 2014
Categorias: Inverno, Looks

Que tal um mix n’ match só pra variar um pouco dos looks neutros de quase sempre? Gurias eu adoro estampas, mas confesso que sempre tive uma dificuldade enorme em saber coordenar, fora que tenho um super bloqueio com looks que misturem cores ou prints, me dou bem mesmo é com as texturas.. MAS como a grande maioria, sigo tentando e aprendendo! Dessa vez quis sair da rotina e tentei um mix entre a estampa da camisa e o tweed da saia, pode parecer bobo, mas foi bem “diferente” pra mim. Normalmente usaria a saia com uma camisa preta ou a camisa com uma saia básica, dessa vez resolvi me jogar em uma mistura sutil e que acho que deu certo. Para manter o clima invernal do look segui investindo na bota que não tiro mais dos pés! Esse modelo longo, acima do joelho é incrível e nem preciso falar que tá fazendo o maior sucesso, né?! Uma dica para quem também sofre na hora de misturar estampas é procurar por padronagens que mantenham alguma relação, seja no formato ou – principalmente – em cores que ornem ou se complementem, caso do look de hoje!

IMG_3791 IMG_3784 IMG_3803 IMG_3790 IMG_3778

As estampas parecem conversar, né? Será que acertei no look? Quero saber a opinião de vocês!!! Amo o inverno, mas como no Sul a estação é sempre muito rigorosa basta ter um dia com mais Sol com os termômetros mais amenos para eu comemorar e poder me jogar em looks assim, mas não se acostumem a ver por aqui looks com poucas peças, os dias andam castigando e logo, logo só teremos looks com casacões. A camisa é da loja Lady Back, a saia da Iaiá (AQUI) e a bota Tanara (AQUI).

Tags: Iaiá, Look, Tanara,
amei este post
27 pessoas amaram
25 de junho de 2014
Categorias: Beleza

Ontem publiquei uma foto do meu cabelo um pouco mais loiro no instagram falando que estava usando um produto para clarear gradualmente os fios. O post gerou vários comentários, tanto no insta (@vitoriaportes), quanto na fan page do blog e vi que muita gente ficou curiosa não só para saber se o produto funcionava mesmo e qual era sua marca, mas também pelo receio da desidratação que esse tipo de produto costuma causar. O que não aconteceu comigo – ainda, pelo menos! Estou usando o mousse capilar da Coiffer, a linha é a Fantasy, não conhecia a marca e acabei comprando por indicação do meu cabeleireiro. Queria clarear os fios, mas por ter o cabelo “virgem” não queria que ele sofresse qualquer tipo de intervenção química mais pesada. O creme é ultra pigmentado, um dos mais pigmentados que já vi! Com uma cor ultra roxa. Ao ser aplicado ele dá a impressão de estar pintando o cabelo, na primeira aplicação chega a assustar, porque até as mãos ficam bem manchadas, mas basta lavar com água em abundancia que o tom de roxo vai por ralo abaixo.

SUAHSUAHSUAHSA

O que mais gostei no produto é que ele não é um Shampoo e por isso não resseca o cabelo, pelo contrário! Como ele é um mousse que possui uma formula mega hidratante, depois de aplicar nos fios você confere o cabelo instantaneamente mais sedoso e macio. Como disse já estou usando por três semanas, esta será a minha quarta e mesmo querendo usar o creme todos os dias – até hoje não experimentei um creme com cheiro melhor – tenho que seguir o acompanhamento do meu cabeleireiro e usar apenas uma vez na semana! O mousse custou R$ 48,00, tem rendido muito, especialmente por não poder ser aplicado diariamente e até agora tem funcionado bastante, tanto para a missão de clarear os fios, quanto para hidratar.

Creme desamarelador - Roxo - Cabelos loiros - tratamento - beleza - dica

Ele promete: Com o uso continuo proporcionar cabelos platinados. Para usar: Usar o mousse após o shampoo, aplicar em todo o cabelo e massagear, deixar agir por 5 minutos e enxaguar.  O que eu notei: Ele tem um aroma incomparável que fica realmente no cabelo e dura até o fim do dia, hidrata de verdade os fios, deixando mais macios, “soltos” e bem mais lisos. Por ser um creme bem consistente ele pesa nos fios no momento que você aplica, o que me deixou um pouco preocupada na hora, mas depois que você enxaguar verá que esse “peso” foi embora e depois de seco o cabelo não fica oleoso, nem pesado. Ele realmente clareia os fios, na primeira vez não notei muita diferença, mas depois da segunda semana já consegui notar algumas mechas mais claras, estou indo para a quarta semana e amando o resultado. Por ser creme e não shampoo ele não agride tanto os fios. O único problema é que não achei pra vender online. Em Gravataí comprei na Stylu Artys (Rua Adolfo Inácio de Barcelos, 598, (51) 3488-0107) por R$ 48, também tinha na Vereda. Em Porto Alegre acredito que tenha nas casas que vendem produtos para salão na Rua Riachuelo no Centro. É isso gurias, como tem funcionado super. O post foi longo, mas eu queria explicar bem o produto, porque tô gostando de verdade! Gostaram da dica? Quem também tá sofrendo com os fios amarelos?

Tags: Cabelo, creme, Dicas, Tratamento,
amei este post
41 pessoas amaram
24 de junho de 2014
Categorias: Inverno, Looks

Como contei no post anterior eu aproveitei o feriado para ir a Serra, como o caminho para o meu destino passava por Três Coroas decidi que tentaria uma visita ao templo budista. Fui feliz e encontrei o templo aberto para visitação, o look que estava usando no dia era um look bem quentinho feito por colete, camisa, calça de couro sintético e botinha! Esse foi o combo escolhido para viajar e que serviu também para passear pelo templo. Gosto muito dessa mistura de texturas no inverno, acho que elas ajudam a modernizar o look, sabem! A camisa que usei por baixo do colete era em renda, o colete em pele e a calça e um courinho. O destaque do conjunto ficou por conta dos pés com a bota de cano médio e de franjas que já mostrei pra vocês aqui e que tenho usado direto. Adorei a mistura, principalmente o conforto que as peças proporcionaram, caminhei muiiiito e nem senti!

IMG_3610 IMG_3590 IMG_3611 IMG_3605 IMG_3643 IMG_3623 IMG_3644

No meio da visita achamos uma porta vermelha liiinda, não resisti e acabei clicando algumas fotos por lá também! O colete não lembro a marca (sorry!), a calça é Camile Zurawski, a camisa M.Officer e a bota Tanara (AQUI).

Tags: Camile Zurawski, Looks, Tanara,
amei este post
26 pessoas amaram
23 de junho de 2014
Categorias: Must Go, Passeios

Aproveitei o feriado para ir conhecer o templo budista em Três Coroas no Rio Grande do Sul. O lugar é incrível, de uma paz e positividade sem igual! Já tinha tentado conhecer o templo Chagdud Gonpa Khadro Ling em outra oportunidade, mas eles estavam fechados para visitação, dessa vez estávamos indo para Serra Gaúcha e como a cidade de três Coroas ficava no caminho decidimos tentar visitar novamente. Para nossa sorte eles estavam recebendo visitação e valeu muuuito a pena. O templo te teletransporta do Rio Grande do Sul e te faz sentir como se estivesse em um lugar totalmente diferente. Em um lugar que você nunca viu! O templo é um centro destinado ao estudo e a prática do budismo e fica a pouco mais de 30 km de Gramado e é o primeiro templo tibetano da América Latina. O lugar tem uma energia positiva que você sente antes mesmo de chegar. Ele fica localizado no topo de uma montanha com uma vista ímpar e totalmente estratégica para a cidade de Três Coroas.

IMG_3663-vert

Meninas a visitação ao templo é pública e gratuita, já que eles não possuem fins econômicos, mas dependendo do dia esta fechado para retiros e cerimônias. Alguns ambientes não permitem fotografia, são os espaços internos destinados a oração e aos encontros, são incríiiiveis com pinturas e detalhes de tirar o fôlego. A visita vale muito a pena, primeiro pelo silêncio absoluto, em alguns momentos você consegue ouvir o barulho do vento de tão calmo é, as pessoas que visitam respeitam muito chegando a sussurrar.  Outro detalhe que não passa despercebido e a riqueza de detalhes na arquitetura. O templo segue as tradições artísticas tibetanas e por isso possui um colorido intenso e super harmônico, você perde a noção do tempo observando o templo e lendo a respeito da cultura e tradição do lugar.  Os painéis e afrescos foram pintados por artistas verdadeiramente tibetanos e nepaleses, muitas das esculturas e tankhas (quadros de tecidos representando deidades) vieram do oriente de verdade. É impossível não sentir essa atmosfera.

TEMPLO BUDISTA NA SERRA GAÚCHA - vitoria portes _ bLog - POrto aLegre

Para quem quiser ainda é permitido participar da comunidade através de práticas de meditações oferecidas todos os domingos às 8h. Além disso o templo conta com uma livraria com inúmeras obras sobre o budismo e artigos religiosos. Ficou com vontade de visitar? Confira os horários no site antes de chegar, pois eles estão em constante mudança por causa dos retiros e atividades fechadas ao público. Em geral, eles estão abertos ao público de quarta à sexta, das 9h30 às 11h30 e das 14h às 17h. Sábado e domingo das 9h às 16h30. Existem basicamente dois caminhos o primeiro pela RS-115 de Taquara a Gramado e o segundo pela RS-020 de Porto Alegre a São Francisco de Paula passando por Taquara. São poucos metros de estrada de terra sem aclive até o templo. Mais detalhes podem ser obtidos no site oficial do templo, lá também tem tooodos os detalhes de como chegar, inclusive com quilometragem. Então é isso meninas, espero que vocês gostem deste passeio diferente, nosso estado possui lugares incríveis e se vocês gostarem da ideia vai ser um prazer conhecer e apresenta-los para vocês!! Beijão.

Tags: Dica, Rio Grande do Sul, Turistando,
amei este post
29 pessoas amaram
Newsletter
Instagram